Oásis Oziel

Mais um texto que escrevi para o site do Fórum Empreender Com Valores

Oásis – o sonho no Parque Oziel

Qual o seu sonho para o Parque Oziel?

Era essa a pergunta feita na Barraca dos Sonhos, que estava posicionada, envolta de barracas de doces e salgados juninos, no “Arraia do Ozier”.

                             

Timidamente a comunidade foi chegando pra entender como funcionava essa barraca de troca, nada junina, mas cheia de alegria!

Munidos de uma árvore, começamos a colocar os sonhos que nela faltavam.

A primeira sonhadora foi a professora Tereza, que nos acompanhou no nosso primeiro encontro do “Olhar” – “eu gostaria que as crianças tivessem mais áreas de lazer dentro da comunidade para elas se divertirem!”

E aos poucos as pessoas foram chegando e sonhando!

De praça a parque, passando por cinema, piscina, asfalto, biblioteca, centro cultural, grafites, cobertura da quadra, brinquedoteca, paz, sossego, sinalização nas ruas, entre tantos outros sonhos…

          

       

E a nossa equipe também sonhou!

A tarde foi chegando e a festa junina acabando, nesse embalo desmontamos nossa barraca dos sonhos e abrimos espaços para um encontro ainda mais animado, com os moradores do Parque Oziel.

Divididos em mesas os moradores foram se apresentando e sendo apresentados à metodologia do Oásis com um vídeo inspirador:

Agora sim! Com o coração cheio de inspiração, demos inicio ao nosso World Café, onde os moradores apresentaram os seus sonhos reais para o Parque Oziel, e possíveis caminhos para torna-los realidade.

Alguns dos sonhos apresentados foram: a criação de uma horta e/ou jardim na área ao lado da escola, uma praça com academia e parquinho para as crianças, revitalização de um barquinho entre outros.

Depois de tantos sonhos e infinitas inspirações terminamos nossa tarde com o jogo do “tocou-colou” e uma chuva de corações!!!

Não percam nosso próximo encontro às 14:00, na escola Oziel, para o planejamento do sonho que será realizado no próximo dia 17 de julho!

Oásis Oziel

Texto que escrevi para o site do Fórum Empreender Com Valores

Oásis – O afeto no Parque Oziel

Após conhecermos os talentos e as belezas do Parque Oziel, agora era a hora de nos conectarmos com a comunidade!

Dedicamos nossa manhã, para descobrir, quem são essas pessoas que fazem o Parque Oziel acontecer todos os dias. Utilizando a metodologia do afeto, saímos pela comunidade com ouvidos atentos e corações abertos.

Dentro dessa grande comunidade encontramos histórias, como a dona Olivia, cuidadora de plantas. Em sua casa possui diversos tipos de plantas que são cuidadosamente plantadas em “vasos” adaptados, como copos de liquidificador. Seu sonho é ter uma floricultura.

Com muita renda, bordado e pintura, conhecemos as amigas Lea e Leo, apaixonadas por artesanato, fazem de tudo! De toalha de mesa a enxoval de bebê passando por chinelos decorados e camisetas em patchwork, ambas sonham em ganhar seu sustento fazendo o que gostam – arte!

Moradores mais antigos lembram que há 16 anos, não havia quase casas e era “um matagal só”, lembra dona Maria. Caminhões pipas abasteciam a comunidade e também jogavam água pelas ruas pra baixar a poeira. Uma grande figura que fez parte desse momento importante do nascimento da comunidade foi o Padre Nelson, que permanece vivo na memoria de muitos moradores.

Depois de percorrer pelos sonhos dessa comunidade, nada melhor do que apresentar os talentos que ela possui: às 14:00 na Escola Municipal do Parque Oziel teve inicio à Feira de Talentos!

Com muita alegria a decoração foi preparada, e os artistas do Parque Oziel foram chegando timidamente.

Em ritmo de festa o apresentador Farofa, comandou a festa, anunciando o primeiro talento:

Washington, que apresentou sua dança no melhor estilo psy rebolation.

Jeniffer e Vanessa, também em ritmo dançante, arrasaram na coreografia, dançandofunk.

Para embelezar a festa, Dona Olivia levou suas “belezas”, maneira como chama carinhosamente suas plantas. E aproveitou apara soltar a voz, com belíssimas músicas românticas.

Complementando a decoração, a dona Denal, apresentou seu trabalho artesanal composto de flores, galhos de árvores e folhas de jornal, que juntas compunham quadros e enfeites de decoração. A Lea levou seus chinelos decorados com pedraria, suas toalhas bordadas e pintadas e suas camisetas em patchwork.

Quem esteve por lá soltando a voz foram os jovens e também já adultos: Tarcilo, Nelma, Claudineia e Erinaldo, acompanhado de seu violão.

Patriotas que somos, também, fomos prestigiados com a execução do Hino Nacional realizada em flauta transversal pelo jovem Joabi.

Em uma única roda, todos juntos, realizamos a “performance” da dança do merequetê, que terminou com muita gargalha e diversão.

Agora é só esperar até nosso próximo sábado: o Encontro dos SONHOS, que ocorrerá às 14hs na Escola Oziel Alves Pereira, logo ao término da festa Junina!!!

Vamos sonhar juntos o Oziel que queremos ser?!